Brasil
Publicada em 19/07/13 - 659 visualizações
Chance real: vencendo o Ba-Vi, o Vitória vira líder se o Coritiba não ganhar do Santos
Atualmente, Leão é o segundo colocado na tabela, com 13 pontos somados

Correio da Bahia


Um jogo especial e um momento especial. Vencer o eterno rival pode trazer uma alegria extra para o Vitória no Ba-Vi de domingo, 16h, na Fonte Nova. A possibilidade  de chegar à liderança da Série A é real, algo que nenhum clube baiano alcançou na era dos pontos corridos da competição, iniciada em 2003.

É uma combinação simples, embora não necessariamente fácil: triunfo na Fonte e derrota ou empate do líder Coritiba contra o Santos, na Vila Belmiro.O time paranaense tem dois pontos a mais e saldo de gols inferior ao Leão (5 a 4).

Uma chance histórica que deixa o time ainda mais motivado para tentar vencer pela quarta vez seguida o Bahia na nova Fonte. "Esse é um clássico muito importante. Temos que focar na partida, que vai ser muito difícil. Sabemos da qualidade do adversário e, fazendo o nosso papel, podemos até ser o líder da competição. Quem sabe o Santos não ganha do Coritiba?", comenta o volante Michel, presença certa com a camisa 5. Lembrando que, no domingo seguinte (dia 28), o rubro-negro visita o Coritiba no Couto Pereira.

Se por um lado o triunfo pode colocar o Vitória no topo, um tropeço pode acarretar na perda de até seis posições. Algo que seria inédito para o Vitória nesta Série A, presente entre os quatro primeiros desde a segunda rodada.

Mesmo assim, pés no chão. "No Baiano enfrentamos eles várias vezes (quatro, com três vitórias e um empate). Por termos feitos muito gols, o pessoal acha que a gente é favorito. Mas nós jogadores sabemos que o mundo da bola dá volta. A gente respeita a equipe do Bahia e tem certeza que eles também respeitam a gente", prega cautela Michel, poupado do treino tático de ontem à tarde no campo do Barradão.

Além dele, Dinei também foi preservado da atividade. O terceiro desfalque de Caio Júnior no treino foi o goleiro Wilson, liberado para ir até Florianópolis participar de uma audiência contra o Figueirense, seu ex-clube. Gustavo, Edson Magal e Rômulo substituíram os ausentes na ocasião.


ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


No Ar
NAFTALINA
Notícias Atualizadas

(73) 9 9976 -5088




Promoções
Enquete
Você acha que o Brasil está preparado para enfrentar o Coronavírus

 NÃO
 SIM

Horóscopo
Estatísticas
Visitas: 1261638 Usuários Online: 32


Previsão de Tempo
Parceiros

Copyright (c) 2020 - Gandu FM - Todos os direitos reservados